Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Tecnologia

Acadêmico da UFMS realiza campanha para levar projeto de engenharia para o Japão

Drone pode se usado em quesito ambiental, no caso de plantações de soja, para controle de pragas e observações quanto a aplicação de agrotóxico

06 abril 2019 - 09h38Da redação com assessoria

O acadêmico de engenharia elétrica da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), David Di Martini está fazendo uma campanha virtual para participar de uma feira no Japão para apresentar um projeto de pesquisa que resultou em um drone para utilizar em monitoramento de áreas de agricultura e floresta. O evento será realizado do dia 28 de julho a 2 de agosto de 2019.

Inicialmente o grupo foi selecionado pela Institute of Electrical and Electronics Engineers, Incorporated (IEE/GRSS ) para participar da Geoscience and Remote Sensing Society (IGARSS 2019), em Yokoama, no Japão, que é o maior evento na área de Sensoriamento Remoto do mundo.

Como para levar todos componentes do projeto fica caro, David vai representar o grupo, mas para isto precisar levantar a quantia mínima de R$ 7.500,00 para as despesas com alimentação, estadia e visto. Para colaborar basta entrar no site http://vaka.me/439905.

David explica que o drone pode se usado em quesito ambiental, no caso de plantações de soja, para controle de pragas e observações quanto a aplicação de agrotóxico. Além disso, também em o uso para monitoramento florestal que árvores protegidas. Neste último caso tem sido usado para a espécie cumbaru que possui no estado relevância como meio de sobrevivência para muitas famílias, por meio da castanha.

Software agricultura de precisão

Software capaz de realizar a identificação de pragas e doenças encontradas nas plantações de soja. Posteriormente, com todos os módulos implementados e validados será migrado para a plataforma Android, para que o trabalho tenha duas versões disponíveis: desktop Java e Android.

Software monitoramento florestal

Software capaz de realizar a identificação da espécie de árvore Cumbaru e gerar nuvem de pontos 3D. Essas informações são necessárias para o Inventário Florestal de Mato Grosso do Sul, cujo objetivo principal é a base para o planejamento dos recursos florestais. O estado do Mato Grosso do Sul tem suas normas relativas ao licenciamento ambiental. Em 2015, o Manual de Licenciamento Ambiental foi atualizado, consolidando a necessidade de aprimorar os procedimentos de licenciamento ambiental, para melhor executar essa atribuição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tecnologia
Universidade cria aplicativo que informa pessoas com coronavírus
Tecnologia
Coronavírus: Facebook e Instagram irão diminuir a qualidade de seus vídeos
Tecnologia
Plataforma digital beneficia idosos que utilizam serviços públicos
Tecnologia
Homens com pênis pequeno ganham aplicativo de paquera

Mais Lidas

Geral
Ipê é oficialmente árvore símbolo do Estado
Justiça
“Quem desvia dinheiro público em meio à pandemia, é sociopata”, diz procurador-geral
Política
"Fui gado, comi capim", diz deputado ex-bolsonarista
Política
Coronel David pede para PM intensificar ronda no Guanandi