Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Agronegócio

Agropecuária fecha o ano com R$ 32 bi e pode crescer 5% em 2019

"Os indicadores mostram a evolução do setor que diariamente tem apresentado resultados interessantes", afirmou o presidente da Famasul

16 dezembro 2018 - 13h20Da Redação com Assessoria

O VBP – Valor Bruto de Produção deve aumentar aproximadamente 5% em 2019. A previsão foi anunciada esta semana pelo presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, durante a coletiva de imprensa realizada na sede da Casa Rural.

Segundo Saito, a renda agropecuária deve fechar o ano em 32 bilhões de reais, alcançando os patamares de R$ 33,6 bilhões no próximo ano. “Os indicadores mostram a evolução do setor que diariamente tem apresentado resultados interessantes, como uma produção diária de 26,6 mil toneladas de soja, 18 mil toneladas de milho e 130 mil toneladas de cana-de-açúcar”.

Saito apresentou o desempenho diário do agro para reforçar a movimentação do setor e o impacto na sociedade. “Diariamente nossa produção de carne bovina é de 2,3 mil toneladas, são 491 toneladas de carne suína, 1,1 mil toneladas de carne de aves e 528 mil litros de leite. Todos os dias, obtemos uma receita média de 15,4 milhões de dólares com as exportações do agro”.

Enfatizando o impacto social da agropecuária, o presidente da Federação reforçou: “O setor gera mais de 250 postos de trabalho ao mês”. Segundo a Federação, os três principais produtos exportados de janeiro a outubro deste ano foram relacionados ao complexo soja, produtos florestais e carnes, seguido pelo complexo sucroenergético, cereais, farinhas e preparações.

Senar/MS – “Aproximadamente  39 mil pessoas participaram dos cursos do Senar/MS em 2018, o que equivale a 3 mil pessoas ao mês. Todos os dias, mais de 100 pessoas podem ter suas vidas transformadas por um curso da instituição”, destacou Saito.

Em seguida, o superintendente do Senar/MS – Serviço de Aprendizagem Rural, Lucas Galvan, apresentou os resultados das ações e programas desenvolvidos pela instituição. “A melhor forma de beneficiar a sociedade é contribuir para o incremento do uso de tecnologias no campo com a finalidade de aumentar a produtividade, pois este conjunto de fatores contribui, por exemplo, para a redução do valor da cesta básica”.

Na área de prevenção à saúde, Galvan destacou que as iniciativas Saúde do Homem e da Mulher Rural e o Pingo D’Àgua, beneficiaram mais de 14 mil pessoas. Já o Agrinho, maior programa de responsabilidade social, envolveu mais de 200 mil crianças em todo o estado. Com mais de 100 mil horas de atendimento ao produtor, a ATeG registrou um faturamento das comercializações do setor acima de R$ 50 milhões em 2018. Além disso, o superintendente do Senar/MS destacou os cursos de educação formal da instituição: Curso Técnico em Agronegócio e Curso Técnico em Agropecuária.

“A tecnologia, aplicada no campo por intermédio dos cursos do Senar/MS, reverte em melhorias no meio ambiente”, finalizou Galvan.

 Também participaram da coletiva de imprensa o vice-presidente do Sistema Famasul, Luis Alberto Moraes Novaes; o diretor tesoureiro, Marcelo Bertoni; o diretor secretário, Frederico Stella, a diretora técnica, Mariana Urt e o diretor executivo da Aprosoja/MS, Frederico Azevedo.

Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio
Senar/MS realizará programa de incentivo à agricultura sustentável
Agronegócio
Fundos investe mais de R$1 bi nos pequenos produtores rurais de MS
Agronegócio
Exportações de Mato Grosso do Sul chegam a R$ 20 bilhões em 2019
Agronegócio
Jorge Matsuda morre vítima de um câncer
Agronegócio
Campanha de vacinação contra febre aftosa será prorrogada em algumas cidades
Agronegócio
Hinove Agrociência abre fábrica de 100 mil m² em Rio Brilhante
Agronegócio
Tereza Cristina assina convênio para "impulsionar o AgroNordeste"

Mais Lidas

Cidade
Bairros da capital ficam sem energia devido às chuvas desta quinta; confira
Cidade
Vídeo - Chuva alaga diversos pontos na capital
Geral
Procon-CG descarta 101 kg de produtos em supermercado Novo Box
Brasil
Silvia Abravanel pede demissão ao pai depois de se envolver em polêmica