Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Clima

MS terá reforço de bombeiros do Paraná contra incêndio no Pantanal

29 bombeiros do PR se apresentaram hoje em Campo Grande; outros 10 chegam amanhã

16 setembro 2020 - 13h15Brenda Assis, com informações da assessoria

Chegaram nesta quarta-feira (16), em Mato Grosso do Sul, vinte e nove militares do Corpo de Bombeiros do Paraná para reforçar o trabalho de combate aos incêndios florestais que atingem os biomas Pantanal e Cerrado. Eles se apresentaram  em Campo Grande e devem seguir ainda hoje para as cidades de Alcinópolis, Corumbá, Costa Rica e Ladário.

A força-tarefa do Estado vizinho chegou em seis viaturas. Segundo o comandante da equipe de trabalho do Paraná, tenente-coronel Ezequias de Paula Natal, outros 10 bombeiros devem chegar amanhã (17) a Mato Grosso do Sul. A segunda equipe virá com equipamentos de combate ao fogo e sete caminhões-tanque com capacidade total de armazenamento de 35 mil litros de água.

Também hoje, o governador Romeu Zema, de Minas Gerais, confirmou ao governador Reinaldo Azambuja que vai enviar um helicóptero para contribuir com o trabalho de enfrentamento às chamas. A informação foi divulgada pelo secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de MS, Jaime Verruck.

“Nós contratamos 200h de voo agrícola para ajudar no combate ao incêndio. Com esse dinheiro e ajuda, pretendemos contratar caminhões-pipa – o que estamos tendo até um pouco de dificuldade para encontrar, vamos atras de equipamentos pequenos, como: abafadores e mangueiras, fazer o pagamento de refeições aos profissionais que estão nos ajudando”, disse o secretário ao JD1 Notícias. “Nossa prioridade vai ser combater os focos de incêndio em qualquer município de Mato Grosso do Sul, óbvio que com esforço e foco total para a questão do Pantanal”, finalizou.

Estrutura operacional

Ação integrada do Governo do Estado com a União e a iniciativa privada tem combatido há meses os incêndios florestais. No Pantanal, a operação é coordenada pela Marinha com apoio do Corpo de Bombeiros e de brigadistas do Ibama/Prevfogo. Aviões, helicópteros, embarcações e caminhões pipa são utilizados no dia a dia dos combatentes.

Na região do Cerrado, militares do Corpo de Bombeiros e do Exército trabalham em conjunto com técnicos do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), ligado ao Ministério do Meio Ambiente. Voluntários de empresas privadas da Costa Leste também lutam contra as queimadas. São pelo menos 500 pessoas dos setores sucroalcooleiro e de florestas plantadas.

Situação de emergência

Mato Grosso do Sul enfrenta um período de incêndios florestais que tem devastado o Pantanal, o Cerrado e até a Mata Atlântica. O focos começaram a mais de 90 dias no bioma alagado e se estenderam para as outras regiões nas últimas semanas. O Governo do Estado decretou situação de emergência ambiental por causa das queimadas e recursos federais já começaram a chegar para ampliar o trabalho de combate ao fogo.

Ontem (15), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou R$ 3,8 milhões para as ações de enfrentamento em todo o Estado. Os recursos serão utilizados em locação de aeronaves, contratação de horas de voo, compra de equipamentos e até em pagamento de diária, hospedagem e alimentação para os brigadistas. O dinheiro pertence ao primeiro plano de trabalho aprovado pela Defesa Civil Nacional. Outros serão liberados nos próximos dias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Clima
Primavera começa com chuva isolada e máxima de 27°C na capital
Clima
Casacos leves podem ser úteis nesta segunda que terá miníma de 18°C
Clima
Chuva foi pequena, mas ocorreu em 21 municípios de MS
Clima
Meteorologia: chuva a qualquer momento
Clima
Meteorologia prevê céu nublado e chuva isolada na capital
Clima
Fogo no Pantanal impacta berço das araras-azuis
Clima
Céu ficará nublado na capital e máxima não deve passar dos 35°C
Clima
Fumaça do Pantanal "mistura" com frente fria e muda o céu da capital
Clima
Temperatura dará uma 'aliviada' e não deve passar dos 36°C nesta quinta
Clima
Capital deve ter 37°C hoje, mas chuva pode estar chegando

Mais Lidas

Entrevista
Presidente do TRE, João Maria Lós, às 17h no JD1
Polícia
PMA de Miranda autua engenheiro em R$ 50 mil por degradação
Polícia
Motociclista morre depois de cortar a garganta com arame em fazenda
Política
Onevan de Matos e seu candidato a vice, testam positivo para Covid-19