Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Cena Som apresenta a peça 'Socorro, minha casa é uma comédia'

17 maio 2012 - 09h34Divulgação

O Grupo Teatral Palco, Sociedade Dramática realiza no Cena Som desta quinta-feira (17), o espetáculo “Socorro, minha casa é uma comédia", às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. A peça tem classificação de dez anos e duração aproximada de 60 minutos.

O enredo da peça é sobre uma família brasileira com seus problemas e costumes. Os espaços "apertados" que uma família de classe média baixa divide numa casa de conjunto habitacional compõem o cenário e o universo dessa comédia que trata de assuntos tão complexos, mas de forma bem humorada e inteligente.

Socorro é uma típica dona de casa frustrada por não ter alcançado seus maiores sonhos: o amor sublime e uma clamorosa e consagrada vida de atriz de televisão. Ao lado do pouco estudo e raras expectativas, projeta agora seus sonhos nos filhos. O marido, comprometido com o Bar da Esquina e a mãe, alienada o dia todo na frente da televisão, Socorro não tem com quem dividir suas esperanças.

Escrita e dirigida por Espedito Montebranco, tem no elenco: Camilah Brito, Jurema de Castro, Rodrigo Copat e o próprio autor, além de operação de sonoplastia e luz de Claudeir Dilly Silvério. O espetáculo é uma produção do Grupo Teatral Palco Sociedade Dramática e da Associação Artística Cultural Palco de Artes Cênicas, Esporte, Lazer e Promoção Social (AACP).

Definido pelo próprio autor, diretor e ator, Espedito Montebranco, como uma "comédia popular brasileira", o espetáculo discute e mostra ao público as contradições, medos, violência urbana, convívio social, preconceito, machismo, homossexualismo e religião, além das influências da mídia, temperando estes relacionamentos, mas, tudo, com "muito bom humor".  Um dos pontos altos da comédia é o fato de chamar a atenção dos espectadores para a influência que a televisão exerce e interfere sobre a família e no cotidiano das pessoas.

Na peça, os atores Camilah Brito, Espedito Montebranco, Jurema de Castro e Rodrigo Copat, vivem os personagens Dona Genésia (aposentada), Socorro (dona da casa), Gervásio (marido gaúcho de Socorro) e os filhos Luiz e Lúcio Mauro (adotivo) e um morador estranho o "mosquito da dengue", que tentam conviver dentro de uma casa de conjunto habitacional num bairro simples de periferia.

Serviço
O ingresso tem valor de R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia). A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.

Via Notícias MS

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Thiago Brava e Breno Reis e Marco Viola animam Arraial deste sábado
Cultura
Aos 96 anos, morre o cineasta Franco Zeffirelli
Cultura
Trajetória de luta e superação de professora vira livro
Cultura
Lenine é atração do último dia do Festival de Inverno de Bonito
Cultura
Dado e Bonfá daqui a pouco ao vivo, no Bosque Expo
Cultura
MEC destina R$ 900 mil para a reconstrução de museu incendiado
Cidade
Top Circo estreia na Vila Nasser
Cultura
Artistas sul-mato-grossenses produzem o Calendário Permanente
Cultura
Programação Infantil do Sesc tem oficina de arte
Cultura
JD1 leva você e o "crush" para uma diária no Hotel Deville

Mais Lidas

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Polícia
Pai mata filho de 7 anos após convencê-lo de que brincariam juntos
Polícia
Vídeo: Homem é executado por pistoleiros em oficina