Menu
Busca segunda, 26 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Cultura

Completando 26 anos, bloco “As Depravadas” pede muito amor nesse carnaval

Com o slogan “Por favor, muito amor!”, bloco de jornalistas e artistas desfila pelo centro de Campo Grande no próximo dia 23

13 fevereiro 2019 - 10h12Assessoria

O bloco é pequeno, mas já são muitos anos de folia e tradição nos carnavais campo-grandenses. Formado por jornalistas, fotógrafos, artistas e vários outros profissionais de comunicação, “As Depravadas” sempre vai às ruas para levar alegria e também reivindicações. Este ano, o amor foi o tema escolhido.

Para o jornalista Maurício Pinto Hugo, um dos mais antigos integrantes do bloco, a ideia é passar uma mensagem positiva. “Estamos vivendo momentos de intolerância. Precisamos de muito amor para suportar as tragédias que vêm nos assolando nos últimos tempos”, ressalta.

Quem participa do bloco há mais tempo garante que todos estão de  braços abertos para novos integrantes. “Somos comunicadores, artistas, amamos o carnaval. Quanto mais gente se juntar a nós, mais alegria compartilharemos. Por isso, quem quiser se juntar a nós será muito bem-vindo”, convida o fotógrafo Roberto Higa, fundador do bloco de carnaval. 

A concentração do bloco “As Depravadas” será no próximo dia 23 de fevereiro, às 9h, em frente ao Bar do Zé, na rua Barão do Rio Branco, 1213. O percurso previsto do desfile é o quadrilátero Barão, 14 de Julho, Marechal Cândido Mariano Rondon, 13 de Maio, com finalização na Barão do Rio Branco, mesmo local de partida. “Temos que terminar no Bar do Zé, nosso parceiro de tantos anos, para nos hidratarmos. Afinal vamos brincar o carnaval por um quarteirão inteirinho”, brinca a jornalista Flávia Vicuña.

História das Depravadas

Tudo começou em 1992, quando um grupo de jornalistas e fotógrafos resolveu se encontrar fora das redações para brincar o carnaval. Com o nome de "Filhos da Pauta", o bloco perdeu força no início dos anos 2000 por causa da decadência do Carnaval de rua em Campo Grande. Há cerca de sete anos mudou de nome e voltou com tudo, atraindo cada vez mais novos carnavalescos. 

Para participar do bloco "As Depravadas" é só vestir sua fantasia. É um bloco de sujo (grupo de foliões com fantasias improvisadas) então pode usar a criatividade, se transformar em personagens de desenho ou nos seus ídolos, não importa. O mais importante é brincar de ser feliz!

Cruzeiro do Sul - 44 anos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
É artista? Confira se foi selecionado para a 2ª temporada do projeto Concha Acústica
Cultura
Acontece hoje: apresentação solo ´Sob Controle'
Cultura
Projeto "Café e Literatura" promove conversa entre escritores e leitores
Cultura
Fundação Manoel de Barros realiza "2º Concurso de Pintura" para a pessoa idosa
Cultura
Confira os nomes dos selecionados para os shows do 'Som da Concha 2021'
Cultura
Projeto de restauração da Igreja da Tia Eva foi entregue hoje
Cultura
Revitalização do viaduto da Afonso Pena com Ceará é entregue
Cultura
Concurso cultural premiará artesões com obras de referência do Estado
Cultura
Marco e Concha Acústica passarão por reforma avaliada em R$ 300 mil
Cultura
Rodada de Negócios do Artesanato de MS abre inscrições para artesãos

Mais Lidas

Polícia
Bebedeira acaba em confusão na casa de pai de santo após debate sobre 'macumba'
Polícia
Militar aposentado de MS é encontrado morto e suspeita é de latrocínio
Polícia
Família do bagulho: Mãe e filha são pegas traficando drogas
Polícia
Suposto funcionário de hospital aplica golpe de ouro falso em jovem