Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cultura

Dona Nega e Dombraz abrem Som da Concha 2014 com samba-rock

16 fevereiro 2014 - 13h46Via Notícias MS
O balanço do samba-rock abre neste domingo (16) a temporada 2014 do Som da Concha, projeto da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. As bandas Dona Nega e Dombraz são as atrações da Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas. Com o fim do horário de verão os shows voltam para as 18 horas e a entrada, como sempre, é franca.

Um som diferenciado com bateria swingada, instrumentos tradicionais do samba e o solo do saxofone em uma mistura perfeita. É assim que a banda Dona Nega transforma no palco alguns dos muitos sucessos da música brasileira.

Formada por Patrik Sandim (vocais, cavaquinho, violões e guitarra), Waldeir Ferreira Pira (baixo), Luanzinho Andrade (bateria) e Marcelinho (saxofone), Dona Nega soma linguagens, experiências e as sensibilidades musicais de cada um dos integrantes em uma nova proposta que promete contagiar o público na Concha Acústica.

Desde o início de seus trabalhos, em 2008, a banda Dombraz esculpe em seu som o gosto pela música brasileira. Com raízes no samba e influências de rock, funk, reggae e grandes artistas da MPB, como Seu Jorge, Lenine e Jorge Ben Jor, o grupo trilha seu caminho no cenário da Nova MPB.

Músicos há mais de dez anos, Chris Haicai (vocal), Dhonattas Oliveira (guitarra) e Bruno Chencarek (baixo), fundadores do grupo, misturam em suas composições as particularidades das influências de cada um e a riqueza da música brasileira. O resultado é um som autêntico e vivo.

Completando seis anos de trabalho em 2014, Dombraz traz na bagagem dois álbuns produzidos de forma independente. O primeiro, “Mandando Brasa”, lançado em 2010, colocou a banda na cena autoral da cidade. O segundo, “Dombraz - Ao Vivo”, gravado em Campo Grande, traz seus sucessos e releituras de grandes nomes da MPB.

A formação atual conta ainda com o percussionista Rodrigo Shimabukuro e o baterista Mateus Yule, ambos de Campo Grande e já presentes no cenário musical da cidade, adicionando suas próprias influências e tornando o som ainda mais plural. Atualmente o grupo se dedica à produção do terceiro álbum autoral e às turnês realizadas nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Som da Concha

O projeto conta com o apoio da Fundação Manoel de Barros, TV Brasil Pantanal e 104 FM Rádio MS e prevê apresentações de shows musicais em domingos alternados.

Serviço
A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas, na rua Antonio Maria Coelho, 6000. Mais informações pelo telefone (67) 3314-2030. A entrada para os shows é franca.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Polícia
Operação manda mais 580 pessoas pra casa após toque de recolher
Educação
Audiência pública aponta que não há condições para volta às aulas na Capital
Polícia
Idoso é encontrado morto em valeta
Geral
Governo da início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo