Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Educação

Nova base curricular do ensino médio foi aprovada nesta terça-feira

O documento define o conteúdo mínimo que será ensinado em todas as escolas do país, no ensino médio, públicas e privadas

04 dezembro 2018 - 18h35Da Redação com Assessoria

O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou nesta terça-feira (4) a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio. O documento define o conteúdo mínimo que será ensinado em todas as escolas do país, no ensino médio, públicas e privadas.

Na prática, a BNCC deverá ser implementada até 2020. “A grande diferença do ensino médio a partir de agora é uma mudança, um ensino médio que não é mais o mesmo ensino médio para todo mundo. Ele precisa trabalhar com diferenças que existem do ponto de vista regional e até individual do próprio estudante”, diz o presidente da comissão da BNCC no CNE, Eduardo Deschamps.

A partir da BNCC, os estados, as redes públicas de ensino e as escolas privadas deverão elaborar os currículos que serão de fato implementados nas salas de aula. Para isso, terão dois anos.  

A BNCC tem como norte o novo ensino médio, aprovado em lei em 2017, que entre outras medidas, determina que os estudantes tenham, nessa etapa de ensino, uma parte do currículo comum e outra direcionada a um itinerário formativo, escolhida pelo próprio aluno, cuja ênfase poderá ser em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.

“Vemos esse processo como um ganho para a educação brasileira”, diz a secretária de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Kátia Smole. Segundo ela,  governo se preparou para apoiar os sistemas de ensino e as redes estaduais no processo de implementação da BNCC. “Vamos seguir acompanhando enquanto estivermos aqui”, enfatiza.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Escola do Sesi de Maracaju promove sarau de poesia virtual
Educação
Inscrições para o Sisu começam hoje
Educação
A partir de hoje, estudantes com Fies podem suspender parcelas
Educação
Inscrições para o Sisu começam amanhã
Educação
Universidades e institutos terão cerca de R$ 200 milhões do MEC
Educação
Renato Feder é escolhido ministro da Educação, mas falta oficializar
Educação
MEC define protocolo sanitário para volta às aulas
Educação
Sem prever retorno, MEC divulga normas para volta às aulas presenciais
Educação
Estudantes de direito elaboram “cartilha jurídica” sobre a pandemia
Educação
Estudantes optam por fazer o Enem em maio de 2021

Mais Lidas

Polícia
PMA multa fazendeiro em R$ 12 mil por desmatamento ilegal
Polícia
Áudio: polícia descarta sequestros e assassinatos em série de mulheres
Economia
Novo Toque de Recolher muda funcionamento dos shoppings de CG
Geral
CCZ retoma dia 20 agendamento online para castração de cães e gatos