Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Na capital, Muricy crava Flamengo como campeão do Brasileirão

No papo esportivo, à imprensa, Muricy falou sobre o Campeonato Brasileiro

19 outubro 2019 - 09h22Mauro Silva e Joilson Francelino

O ex-treinador do São Paulo e de vários outros times do país, Muricy Ramalho, esteve em Campo Grande e apresentou, na úlitma sexta-feira (18), um stand up intitulado como “Aqui é Trabalho e Muita Resenha”, com o ex-jogador e agora comentarista Denilson Show. Em uma coletiva de imprensa, o técnico já aposentado aproveitou para falar sobre o futebol brasileiro, além de cravar quem será o campeão do Brasileirão deste ano.

No papo esportivo, à imprensa, Muricy falou sobre o Campeonato Brasileiro. Para ele, o Flamengo não vai ficar apenas no “cheirinho” e será o campeão deste ano. O Rubro Negro segue firme na liderança da competição, seguido pelo Palmeiras logo à frente do Santos.

Além de dar seus palpites na competição nacional, ele também aproveitou para falar do antigo clube que treinou durante os anos de 2006 a 2008, o São Paulo, e conquistou pelo clube três campeonatos Brasileirão, já no formato de pontos corridos. Ele destacou o trabalho de Rogério Ceni, hoje treinador, mas que já foi goleiro do Tricolor Paulista. “Ceni começou como vários técnicos brasileiros estão começando, de cima para baixo”, analisou. 

“Quando você começa de cima, acaba não tendo experiência para isso, você tem estudo. O Rogério é um cara muito inteligente, criterioso demais, só não tem uma coisa que é super importante a um treinador, a prática, a experiência. Mesmo assim, ele tem todo o perfil para ser um dos grandes treinadores do país”, acrescentou.

Sobre a troca de times em menos de um mês, quando Ceni deixou o Fortaleza, foi para o Cruzeiro e depois retornou para o time cearense, Muricy afirmou que não concorda com a atitude do colega. “Ainda somos do tempo que o profissional tem que ficar no clube e cumprir com seu contrato. Mesmo porque, cumprindo o contrato, ele sinaliza para o mercado que é uma pessoa confiável”, disparou.

Muricy analisa que a escolha de Ceni não foi boa. “Entrou em um time que não estava bem politicamente, com problemas financeiros, de gestão, e, quando é assim, com certeza não daria certo”, considerou.

Na oportunidade, o ex-treinador também falou sobre a atual situação do São Paulo e associou o desempenho regular do time com a “disputa política” que acontece internamente na diretoria do clube. “Quando se envolve política no futebol é complicado, essa é a dificuldade que o São Paulo tem. Brigas de grupos, o clube nunca foi assim”, recordou. Muricy disse ainda que o elenco do time paulista é bom, mas que muito dinheiro foi desperdiçado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Handebol é a nova videoaula disponível para manter treinos em casa
Esportes
Ex-técnino de seleção, Vadão é internado devido à complicações de câncer
Esportes
Futebol na Alemanha reinicia neste sábado
Esportes
Coronavírus: Fifa cancela cerimônia de entrega do prêmio Melhor do Ano
Esportes
Coronavírus - “Não está nem no pico e muito menos diminuindo”, diz Mandetta
Esportes
Guanandizão terá jogos internacionais de vôlei após pandemia, diz Governo
Esportes
Dia do goleiro é celebrado por times de todo o mundo
Esportes
Pré-olímpico de handebol masculino é remarcado para março de 2021
Esportes
Mundial de Vôlei de Praia é adiado para 2022
Esportes
Evento na Serra da Bodoquena é adiado

Mais Lidas

Geral
Há um ano, tragédia que matou o campo-grandense Gabriel Diniz comovia o Brasil
Economia
Governo quer emprestar US$ 4,01 bilhões de bancos internacionais
Justiça
Ary Raghiant Neto será empossado Vice-Presidente do Conselho de Colégios da OAB do Mercosul
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro