Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Procon continua realizando a operação "Fila Zero" em agências bancárias

Uma delas foi flagrada usando "bloquinho de anotações" para repassar senhas aos clientes

11 junho 2019 - 10h51Rayani Santa Cruz

A operação “Fila Zero”, do Procon Estadual, continua em Campo Grande, e, na segunda-feira (10), fiscais constataram irregularidades no relacionamento com consumidores (clientes), nas agências do banco Santander e Caixa Econômica Federal da rua Barão do Rio Branco, Centro.

Conforme o órgão, os problemas são recorrentes na maioria das agências já visitadas pela  fiscalização.
No Santander, os problemas encontrados foram a negativa de atendimento “na boca do caixa”, o que só ocorreu diante de muita insistência de usuários e encaminhamento aos caixas eletrônicos. A agência dispõe de  quatro equipamentos, mas um deles estava inoperante. Além disso, não havia senha eletrônica e a emissão estava sendo feita por meio de um “bloquinho de anotações”,  impossibilitando o controle do tempo de espera pelas pessoas que procuram os serviços. 

Marcelo Salomão, superintendente do Procon/MS afirma que "não haverá trégua na fiscalização. Não somos inimigos dos bancos, mas nosso foco é a defesa do consumidor".

Na Caixa Econômica Federal (CEF) os clientes estavam aguardando mais de 15 minutos para atendimento, em desconformidade com a lei estadual 2.085/00, que prevê tempo máximo de espera em 15 minutos em dias normais, 20 minutos em dias de pagamento de funcionários públicos e  25 minutos em véspera ou no dia posterior a feriados prolongados.

A agência não possui placa que identifique local para atendimento a gestantes, pessoas com crianças no colo, idosos, portadores de necessidades especiais ou autistas e não divulga existência de exemplar do Código de Defesa do Consumidor para a consulta das pessoas, item que já foi fornecido pela fiscalização em intervenção anterior.

Também foi registrado como repetitiva a emissão de comprovantes em papel termossensível, o que se configura desobediência à legislação. 

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Carro amanhece em buraco
Geral
Irã diz que derrubou drone dos Estados Unidos
Geral
Exército abre processo seletivo para profissionais temporários
Geral
Marquinhos lança campanha de vacinação para cães e gatos
Geral
Reinaldo vai aguardar texto final para aderir ao plano Mansueto
Geral
“Criminalização da homofobia pode gerar situações injustas”, diz Lídio Lopes
Geral
Shopping realiza sessão de cinema para crianças com distúrbios sensoriais
Geral
Drenagem do lago maior do Parque das Nações Indígenas começa na próxima semana
Geral
Zezé di Camargo quer ajudar a fortalecer "Cota Zero", em Mato Grosso do Sul
Geral
“Polícia estruturada ajuda na preservação”, diz Reinaldo ao entregar equipamentos à PMA

Mais Lidas

Cidade
Confira a lista de habilitados para sorteio de unidades habitacionais na capital
Cidade
Campo-grandenses se unem e ajudam família que caiu em golpe da falsa encomenda
Polícia
Pai mata filho de 7 anos após convencê-lo de que brincariam juntos
Polícia
Vídeo: Homem é executado por pistoleiros em oficina