Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 99647-9098
TJMS Dezembro-19
Geral

Procon continua realizando a operação "Fila Zero" em agências bancárias

Uma delas foi flagrada usando "bloquinho de anotações" para repassar senhas aos clientes

11 junho 2019 - 10h51Rayani Santa Cruz

A operação “Fila Zero”, do Procon Estadual, continua em Campo Grande, e, na segunda-feira (10), fiscais constataram irregularidades no relacionamento com consumidores (clientes), nas agências do banco Santander e Caixa Econômica Federal da rua Barão do Rio Branco, Centro.

Conforme o órgão, os problemas são recorrentes na maioria das agências já visitadas pela  fiscalização.
No Santander, os problemas encontrados foram a negativa de atendimento “na boca do caixa”, o que só ocorreu diante de muita insistência de usuários e encaminhamento aos caixas eletrônicos. A agência dispõe de  quatro equipamentos, mas um deles estava inoperante. Além disso, não havia senha eletrônica e a emissão estava sendo feita por meio de um “bloquinho de anotações”,  impossibilitando o controle do tempo de espera pelas pessoas que procuram os serviços. 

Marcelo Salomão, superintendente do Procon/MS afirma que "não haverá trégua na fiscalização. Não somos inimigos dos bancos, mas nosso foco é a defesa do consumidor".

Na Caixa Econômica Federal (CEF) os clientes estavam aguardando mais de 15 minutos para atendimento, em desconformidade com a lei estadual 2.085/00, que prevê tempo máximo de espera em 15 minutos em dias normais, 20 minutos em dias de pagamento de funcionários públicos e  25 minutos em véspera ou no dia posterior a feriados prolongados.

A agência não possui placa que identifique local para atendimento a gestantes, pessoas com crianças no colo, idosos, portadores de necessidades especiais ou autistas e não divulga existência de exemplar do Código de Defesa do Consumidor para a consulta das pessoas, item que já foi fornecido pela fiscalização em intervenção anterior.

Também foi registrado como repetitiva a emissão de comprovantes em papel termossensível, o que se configura desobediência à legislação. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Energisa investe em projeto para economizar energia no Fórum de Corumbá
Geral
Secretário de Segurança Pública elogia Operação Boas Festas
Geral
Projeto poderá proibir corte de energia do consumidor
Geral
Saque do FGTS está liberado para nascidos em setembro e outubro
Geral
Mulher sofre lesões graves ao ser pisoteada por búfalos
Geral
Boletos do IPVA 2020 começam a ser entregues a donos de veículos
Geral
Fábio Trad homenagea APAE em sessão solene na Câmara
Geral
Chuva não interfere e aeroporto opera sem atrasos e cancelamentos nesta manhã
Geral
Bairros ficam sem luz e Energisa garante restabelecimento ainda hoje
Geral
Procon-MS autua shopping Bosque dos Ipês

Mais Lidas

Geral
Pague Menos faz promoção enganosa e é pega pelo Procon-MS
Polícia
Vídeo: “Bunitinho” morre baleado em operação na favela
Polícia
Imagens fortes - Vídeo mostra dupla execução na fronteira
Polícia
Mulher é espancada ao cobrar dívida de funcionária de salão de beleza