Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Procon Estadual notifica 16 postos de combustível no interior

Ao todo foram quatro municípios fiscalizados e postos devem apresentar justificativa

25 fevereiro 2019 - 12h15Da redação com assessoria

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) notificou 16 postos de combustíveis em quatro cidades no interior estado, após denúncias e reclamações sobre cobrança de valores considerados abusivos e mal atendimento. A solicitação também partiu do Ministério Público Estadual e os postos devem  apresentar planilhas contendo informações que nortearão possíveis aplicações de sanções.
Cinco postos em Ribas do Rio Pardo, quatro em Costa Rica, quatro em Terenos e três em Nova Alvorada do Sul. Após as notificações realizadas no período de oito a 20 de fevereiro as empresas receberam prazo de dez dias para apresentarem suas justificativas.

Entre as informações solicitadas pelo Procon, está destacado sobre o valor da compra de óleo diesel na distribuidora, o preço na bomba para venda ao consumidor e o respectivo percentual de diferença, o que configura o lucro obtido pelo posto de serviços em questão. Para a gasolina e o etanol, a pesquisa visou verificar o valor unitário (preço) do litro de cada um dos combustíveis.

Neste caso, deve ser levada em consideração lei estadual que determina a redução da alíquota incidente de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços(ICMS),  de 17% para 12%, com determinação de repasse imediato ao consumidor.

Os proprietários deverão informar com documentos oficiais, as razões técnicas ou operacionais que possam justificar o fato dessas reduções não chegarem às bombas nas cidades apontadas.

Sobre as notificações o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, disse que “independente da empresa, de pequeno ou grande porte desenvolver suas atividades, na capital ou em municípios do interior do estado, o consumidor que se sentir prejudicado ou lesado, deve recorrer ao Procon-MS, por meio de reclamação ou denúncia, que o órgão agirá no sentido de garantir seus direitos”.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Ciclista tem a cabeça esmagada por carreta em acidente
Geral
Parque das Nações terá memorial da Sanesul
Geral
Coronel David percorrerá o estado em apoio a Bolsonaro, no fim de semana
Geral
Usuários reclamam de excesso de ligações e Claro tem 15 linhas bloqueadas
Geral
Caminhão pega fogo na MS-395 e chamas atingem vegetação
Geral
Vídeo mostra onça morta em rodovia da capital
Geral
Procon-MS notifica 16 postos no norte de MS
Geral
Agehab suspende inscrição durante processo de seleção de residências
Geral
Associação de moradores receberá metade do salário de Reinaldo, em junho
Geral
Estado entrega projeto que prorroga abono por mais 12 meses

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Polícia
Homem bêbado pede para descansar e morre no sofá do vizinho
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira