Menu
Busca domingo, 24 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Geral

Procon Estadual notifica 16 postos de combustível no interior

Ao todo foram quatro municípios fiscalizados e postos devem apresentar justificativa

25 fevereiro 2019 - 12h15Da redação com assessoria

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) notificou 16 postos de combustíveis em quatro cidades no interior estado, após denúncias e reclamações sobre cobrança de valores considerados abusivos e mal atendimento. A solicitação também partiu do Ministério Público Estadual e os postos devem  apresentar planilhas contendo informações que nortearão possíveis aplicações de sanções.
Cinco postos em Ribas do Rio Pardo, quatro em Costa Rica, quatro em Terenos e três em Nova Alvorada do Sul. Após as notificações realizadas no período de oito a 20 de fevereiro as empresas receberam prazo de dez dias para apresentarem suas justificativas.

Entre as informações solicitadas pelo Procon, está destacado sobre o valor da compra de óleo diesel na distribuidora, o preço na bomba para venda ao consumidor e o respectivo percentual de diferença, o que configura o lucro obtido pelo posto de serviços em questão. Para a gasolina e o etanol, a pesquisa visou verificar o valor unitário (preço) do litro de cada um dos combustíveis.

Neste caso, deve ser levada em consideração lei estadual que determina a redução da alíquota incidente de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços(ICMS),  de 17% para 12%, com determinação de repasse imediato ao consumidor.

Os proprietários deverão informar com documentos oficiais, as razões técnicas ou operacionais que possam justificar o fato dessas reduções não chegarem às bombas nas cidades apontadas.

Sobre as notificações o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, disse que “independente da empresa, de pequeno ou grande porte desenvolver suas atividades, na capital ou em municípios do interior do estado, o consumidor que se sentir prejudicado ou lesado, deve recorrer ao Procon-MS, por meio de reclamação ou denúncia, que o órgão agirá no sentido de garantir seus direitos”.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mulheres assinam 72% dos artigos científicos publicados pelo Brasil
Geral
Preço e confiança faz com que medicamentos genéricos cresçam no mercado
Geral
Cerca de 150 mil eleitores já utilizam o aplicativo e-Título no estado
Geral
Grupo Pereira ocupa 6ª posição no ranking dos maiores supermercados
Justiça
Daniel Castro é reconduzido ao cargo de diretor da EJE-MS
Geral
Inscritos devem procurar o CCZ para agendar castração
Geral
Plano de mobilidade urbana prevê fim de pontos de alagamentos
Geral
Governo entrega Unidades de Saúde em Bandeirantes
Geral
Alessandro Coelho assume o Sindicato Rural de Campo Grande
Geral
Raviera Motors lança novas BMW na capital

Mais Lidas

Polícia
Médico veterinário morre em acidente de moto
Política
Vídeo - Deputado apanha de vereador e sai machucado
Brasil
Conheça os desembargadores que julgarão Temer
Geral
Acidente na BR-262 deixa um morto e oito feridos