Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Polícia

Corpo com tatuagem no glúteo é encontrado em terreno baldio

O cadáver estava em estado avançado de decomposição e não foi identificado

07 fevereiro 2019 - 08h50Rayani Santa Cruz

Por volta das 19h desta quarta-feira (6), um cadáver em avançado estado de decomposição foi encontrado em um terreno baldio da avenida Guter Hans, bairro Aero Rancho, em Campo Grande. A vítima, do sexo feminino, ainda não foi identificada e estava sem documentos.

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Civil compareceu ao local após denúncia e encontrou o corpo em meio a um matagal. A vítima possui uma tatuagem no glúteo, e uma uma faca ao lado do corpo. 
Ainda conforme o registro, outros objetos foram encontrados ao redor do cadáver e foram devidamente recolhidos. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga. 

Um morador da região teria avistado o corpo ao final da tarde e rapidamente acionou a polícia via 190. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Mãe e filha de 1 ano ficam feridas após incêndio destruir residência
Polícia
Foragido é esfaqueado no Aero Rancho e morre na santa Casa
Polícia
Familiares ficam apavorados com sumiço de jovem na fronteira
Polícia
GAECO prende 17 durante “Operação Fim da Rota”
Polícia
Polícia encontra quase 500 mil maços de cigarros em caminhão abandonado
Polícia
Casal de adolescentes é pego plantando maconha em casa
Polícia
GAECO cumpre mandados de prisão contra tráfico na fronteira
Polícia
Bandidos invadem Pague Menos e roubam celulares e dinheiro
Polícia
Em MS, homem com coronavírus fura isolamento para comprar lanche
Polícia
Com faca, homem ameaça clientes no estacionamento do Comper

Mais Lidas

Justiça
“Quem desvia dinheiro público em meio a uma pandemia, é sociopata”, Diz Procurador-Geral
Política
"Fui gado, comi capim", diz Delegado Waldir sobre apoio a Bolsonaro
Política
Coronel David pede para PM intensificar ronda no Guanandi
Justiça
Ladário: Justiça suspende decreto que previa orações para conter pandemia
A medida foi favorável a uma Ação de Inconstitucionalidade interpretada pela OAB do estado