Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Governo - Feminicidio
Polícia

Em 2018, PMA aplica R$ 710 mil em multas

Foram autuadas 70 pessoas ao todo por crimes de maus-tratos, tráfico, caça e criação ilegal

11 fevereiro 2019 - 13h54Da redação com assessoria

A Polícia Militar Ambiental (PMA) previne e reprime o tráfico de animais silvestres, a caça ilegal e os maus-tratos à fauna silvestre, doméstica, domesticada e exótica e, principalmente, efetivando a prevenção, por meio da Educação Ambiental. Além disso, protege a fauna nos perímetros urbanos, realizando capturas e orientando à população.

Captura de animais em 2018 - No ano passado (2018), Policiais Militares Ambientais do Estado capturaram 1.393 animais silvestres nos perímetros urbanos. Uma diminuição de 20% com relação ao ano de 2017 (1.742). Isso dá uma média de 3,8 animais capturados diariamente. Os principais animais capturados são aves.

Autuações relativas à fauna em 2018 - Em 2018 foram autuadas 70 pessoas em R$ 710.000,00 por crimes contra a fauna, entre maus-tratos, tráfico, caça e criação ilegal, conforme descrições à seguir:

Maus-tratos a animais 2018 - Com relação aos maus-tratos, no ano de 2018, foram 21 pessoas autuadas, número 72% inferior a 2017, quando foram autuadas 75 pessoas. Os valores de multas foram de R$ 485.000,00, número 69,60% menor do que no ano de 2017, que foram de R$ 1.595.700,00.

Tráfico de animais silvestres 2018 - No ano de 2018, foram oito (8) pessoas autuadas e apreendidos ao todo, 143 animais, sendo tudo ave. Desses, 98,60% foram papagaios, com 141 animais apreendidos. A quantidade foi 72,5% inferior a 2017, quando foram apreendidos ao todo, 521 animais, sendo tudo ave. Desses, 66,22% foram papagaios, com 345 animais apreendidos. A quantidade de filhotes de papagaios apreendidos em 2018 foi 59,13% inferior a 2017. Os valores de multas aplicados em 2018 foram de R$ 145.000,00, número 50% inferior ao ano de 2017, quando foram aplicados R$ 290.000,00 em multas.

Caça a animais silvestres 2018 - Apesar de não ser preocupante, foram 30 pessoas autuadas por caça ilegal em 2018, número 14,2% inferior às autuações em 2017, quando foram 35 autuados. Foi aplicado um valor de R$ 51.460,00 em 2018 e R$ 116.000,00 em 2017. Os valores de multas foram 55,6% menores em 2018, com relação a 2017.

Animais silvestres criados ilegalmente em cativeiro - Com relação à criação ilegal de animais silvestres, no ano passado foram 11 pessoas autuadas, número inferior ao ano de 2017, quando foram autuadas 18 pessoas. Foram aplicadas multas que perfizeram o valor de R$ 29.000,00, número também inferior a 2017, em que o valor foi de R$ 51.500,00. Ressalta-se que esse número não envolve animais apreendidos pelo tráfico. Não havia comércio, mas somente a criação. Foram apreendidos 53 animais em 2018 e 91 em 2017, a maioria aves.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Rapaz acaba espancado pelo ex de sua atual mulher
Polícia
Morto a facadas durante churrasco tinha tatuagem no peito escrito 'família'
Polícia
Motociclista tenta fugir e acaba preso pelo Choque com revólver no Portal Caiobá
Polícia
Jovem tem casa invadida por ladrões e acaba esfaqueada no Parque do Sol
Polícia
Casal briga e vizinho tenta intervir mas passa mal e morre
Polícia
Homem chamado de 'preto sem vergonha e Vera Verão' denuncia racismo de colega em fazenda de MS
Polícia
Três paulistas são autuados por pesca ilegal no rio Paraná
Polícia
Homem é morto com três facadas durante churrasco em MS
Polícia
Escritório de advocacia é alvejado por pistoleiros na fronteira
Polícia
Chamada de "preta fedida" e "vagabunda", dona de bar é agredida por clientes

Mais Lidas

Polícia
Mulher é levada para dentro da mata por bandidos e morta com tiro na cabeça
Polícia
Casal briga e vizinho tenta intervir mas passa mal e morre
Saúde
Jovem de 17 anos, sem comorbidades, está entre as 38 vítimas da covid em 24h
Saúde
Lote com 97.500 doses de vacina contra covid chegam hoje a MS