Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Embriagado, policial municipal dispara em via pública e é preso pelo Choque

Ele foi preso no Jardim Oliveira e confessou o crime; a Secretaria Municipal de Segurança afastou o servidor por 60 dias

18 fevereiro 2019 - 13h30Da redação

Por volta das 18h de sábado (16), o policial municipal (antiga guarda) Oscar Martimiano Gomes, 45 anos, foi preso por porte ilegal de arma de fogo e por disparos em via pública.

De acordo com o boletim de ocorrência divulgado pelo Batalhão de Choque, a equipe estava em patrulhamento na região do bairro União, quando recebeu  denúncia de populares, de que o servidor estaria próximo a uma conveniência e efetuando disparos com arma de fogo.

O policial municipal estaria embriagado e após disparar por três vezes na via, em frente ao comércio, fugiu do local em uma camionete. Testemunhas anotaram a placa e repassaram a polícia, que localizou o veículo em frente a uma casa do bairro Jardim Oliveira. 

Havia uma festa no local e devido ao alto número de pessoas outras equipes do Choque foram à residência para realizar a abordagem. Em vistorias o  revólver calibre 38 foi encontrado escondido embaixo de uma pia.

O policial municipal se identificou e confessou ser proprietário da camionete e da arma de fogo. Ele confessou sobre os disparos em frente a conveniência e disse ter dispensado os cartuchos deflagrados a caminho da festa. 

Oscar foi preso e conduzido a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário  (Depac) Piratininga, onde o caso foi registrado. O supervisor da Polícia Municipal foi avisado sobre o fato.

Nota

Em nota divulgada na manhã desta segunda-feira (18), o secretário Especial de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja, afirmou que tomou conhecimento dos fatos por boletim de ocorrência registrado e por divulgação da mídia. Ele diz que o comportamento do policial municipal é totalmente desaprovado pela Secretaria.

A nota diz que é necessário que os fatos sejam apurados no âmbito interno da Secretaria junto a Corregedoria. Um processo administrativo disciplinar em desfavor do servidor foi instaurado e o policial municipal foi afastado das funções por 60 dias, podendo haver prorrogação.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Jovem morre afogado em piscina do Corumbaense Futebol Clube
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ministério da Informação no Afeganistão sofre ataque
Polícia
Mulher é assaltada e estuprada em Dourados
Polícia
Ex-nomeado da Segov é investigado por usar telefone em presídio
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia
Polícia
Bandidos fingem ser clientes e trabalhadores são feitos reféns
Polícia
PMA multa mulher por colocar fogo em vegetação

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Jovem morre afogado em piscina do Corumbaense Futebol Clube
Saúde
Ibuprofeno e cetoprofeno podem agravar infecções
Geral
Mega acumula e poderá pagar R$ 90 milhões na quarta-feira