Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Jovem encontrado morto no Corumbaense tinha lesão na cabeça

Gustavo morreu após se afogar na piscina do clube de Corumbá

22 abril 2019 - 16h53Joilson Francelino, com informações do Diário Corumbaense

Gustavo Malheiros Francisco, 25 anos, que foi encontrado morto na piscina do Corumbaense Futebol Clube na madrugada do último domingo (21), apresentava uma lesão na cabeça.

A informação foi passada ao site do Diário Corumbaense pelo Cartório de Homicídios da 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade, responsável pela investigação. Nas mãos do jovem havia cabelos que serão analisados. Ainda não é possível dizer se a lesão na cabeça foi provocada por uma possível briga.

Nenhuma hipótese é descartada, algumas pessoas ainda serão chamadas para depor. A redação do JD1 Notícias tentou entrar em contato com o delegado Willian Rodrigues, responsável pelo caso, mas até o fechamento desta matéria, não obteve êxito.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Derramamento de sebo na BR-267 mobiliza Corpo de Bombeiros e PRF
Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Polícia
Traficante capota caminhonete com quase duas toneladas de maconha e foge
Polícia
Homem é morto a pauladas e pedradas, em Juti
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Polícia
Foragido é preso em MS e polícia descobre abuso sexual de cinco meninas
Polícia
Homem é flagrado ao tentar se livrar de mochila com maconha
Polícia
Homem morre prensado depois de pular de caminhão
Polícia
PF realiza operação contra distruição online de material de abuso infantil
Polícia
Nando, o "serial killer do Danúbio Azul", tem mais um julgamento nesta sexta

Mais Lidas

Polícia
Ex-marido esfaqueia mulher em boate ao ver localização em rede social
Geral
Vídeo - Após mulher trocar senha do wi-fi, vizinhos apedrajam casa
Polícia
Homem toma arma de policial, troca tiros com outros e morre em telhado de casa
Internacional
Por engano, funcionário serve vinho de 5.100 euros a clientes