Menu
Busca sexta, 29 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Polícia

Mulher não abaixa som e ameaça vizinho: “Vou dizer que tentou me estuprar"

Denúncia aponta que o caso acontece sempre no jardim São Conrado

02 dezembro 2019 - 15h51Da redação

Felipe Benites Faria, 37 anos, procurou a polícia na tarde desta segunda-feira (2), depois de sofrer ameaça ao reclamar do som alto na casa de seu vizinho, no jardim São Conrado.

De acordo com o registro policial, o autor identificado como Adriano Felix sempre liga o som em volume alto, incomodando os vizinhos. Felipe já teria reclamado por diversas vezes, porém, Adriano “não se importava”.

Na manhã de domingo (1°) o fato voltou a se repetir e Felipe novamente foi reclamar. Ele foi recebido pela esposa de Adriano, Ariane Maldonato, que não gostou da atitude do vizinho e teria dito: “Se reclamar, vou falar que você entrou aqui e tentou me estuprar”.

Diante da ameaça, Felipe procurou a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro, e deseja representar criminalmente em desfavor do casal de vizinhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Suspeito de matar casal enquanto dormia é preso
Polícia
Cheiro forte entrega jovem transportando quase 600 kg de maconha
Polícia
Com maconha na bunda, jovem tenta entrar na Gameleira
Polícia
PF deflagra operação contra quadrilha de roubo a Caixa Econômica Federal
Polícia
Idosa cai em golpe de cartão de crédito e perde quase R$ 4 mil
Polícia
Vídeo - Cachorros encontram droga escondida em porta malas de carro
Polícia
Com arma apontada para filhas, família vive momentos de terror em assalto
Polícia
Homem receberia R$ 10 mil para levar 4 toneladas de maconha para SP
Polícia
Jovem é executado durante partida de futebol
Polícia
Polícia desarticula quadrilha que assaltou a padaria São Rafael

Mais Lidas

Geral
Dólar sobe com escalada de tensões entre China e Estados Unidos
Polícia
Suspeito de matar casal enquanto dormia é preso
Economia
Contas públicas têm resultado negativo em abril
Saúde
Coronavírus: MS registra 94 novos casos, 64 pacientes estão internados