Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Polícia

Operação contra a pedofilia tem militar preso na capital

Além do militar, duas pessoas foram presas em Campo Grande e uma em Naviraí

06 fevereiro 2019 - 11h34Joilson Francelino

Um militar aposentado da Marinha, 65 anos, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (6), durante a operação "Inocência Violada", da Polícia Federal deflagrada nesta manhã em Campo Grande e três cidades de Mato Grosso do Sul.

Além do militar, um assistente de serviços gerais, 29 anos, um comerciante de 40 anos e um servidor público estadual de Naviraí de 49 anos, foram presos com material pornográfico infantil armazenado em computadores, celulares e outras mídias.

Segundo o delegado da PF, Fernando Rocha, cada preso em flagrante tinha pelo menos 300 arquivos de pornografia infantil armazenados. Todos foram encaminhados para a Superintendência da PF, onde prestam depoimento. “Possivelmente, com a análise do material apreendido pode desencadear mais prisões”, informou o delegado. Nenhum dos detidos tem passagens pela polícia.

Os 11 mandados de busca e apreensão expedidos nesta manhã pela Justiça Federal foram cumpridos na capital, em Chapadão do Sul, Jardim, Miranda e Naviraí. As investigações tiveram início em abril de 2018 a partir do monitoramento da rede mundial de computadores.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ministério da Informação no Afeganistão sofre ataque
Polícia
Mulher é assaltada e estuprada em Dourados
Polícia
Ex-nomeado da Segov é investigado por usar telefone em presídio
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia
Polícia
Bandidos fingem ser clientes e trabalhadores são feitos reféns
Polícia
PMA multa mulher por colocar fogo em vegetação
Polícia
Jovem tem bicicleta furtada em estacionamento de supermercado
Polícia
Homem morre após se afogar em piscina

Mais Lidas

Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia