Menu
Busca quinta, 06 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Polícia

PM que matou bioquímico em cinema espera ser transferido para CG

Advogado da família da vítima falou com o JD1 Notícias e declarou que evitará comentários até o fim das investigações

11 julho 2019 - 12h15Sarah Chaves, com informações do dourados News

O policial Militar Ambiental Dijavan Batista dos Santos, 37 anos, preso em flagrante por ter matado o bioquímico Julio Cesar, de 43 anos, nesta segunda-feira (8) dentro do cinema do shopping Avenida Center, em Dourados, permanece custodiado no Comando da Polícia Militar Ambiental (PMA), a defesa dele informou que a Justiça ainda não enviou o ofício para transferência ao Presídio Militar de Campo Grande

Durante a audiência de custódia realizada na tarde desta quarta-feira (10), pelo juiz Eguiliell Ricardo da Silva, os advogados do militar, pediram que Dijavan continuasse no quartel da Polícia Militar Ambiental, onde servia e está desde o dia do crime. A defesa emitiu nota dizendo que a inocência do policial será provada.

“Acreditamos que a inocência de nosso cliente será comprovada no curso das investigações. Esclarecemos, ainda, que até o momento, dada a complexidade do caso, não houve tempo hábil para coletar provas suficientes a comprovar a veracidade dos fatos ocorridos, faltando depoimento de várias testemunhas e a juntada de laudos periciais”, diz trecho da nota da defesa do policial por meio de nota encaminhado à imprensa.

Na decisão proferida ontem, o juiz Eguiliell Ricardo da Silva determinou que o comandante da PMA de Dourados deve ser oficiado “para que proceda a imediata transferência do autuado para o Presídio Militar Estadual, em Campo Grande”, “tendo em vista que a unidade penal própria para custódia de presos militares, ainda que provisórios, é o Presídio Militar Estadual”.

Ao JD1Notícias

A equipe do JD1 Notícias entrou em contato com o advogado da família da vítima Pedro Teixeira Silva que preferiu não se pronunciar sobre o crime enviou à nossa redação apenas uma nota.

“Diante da brutalidade do ato trágico ocorrido, a família informa que não irá se pronunciar por ora, de forma que pedimos respeito ao luto. O momento requer parcimônia, humanidade e sensibilidade, uma vez que os fatos estão sendo elucidados pela investigação e as notícias veiculadas dão conta tão somente da versão do acusado, autor do disparo que culminou nesta tragédia, exposta em seu depoimento à polícia civil”.

Entenda o Caso

O policial teria pedido para que Júlio se retirasse de um assento no cinema, no Shopping Avenida Center, em Dourados,  mas ele começou a hostilizar tanto o militar quanto a seus filhos. “A pessoa que veio a óbito desferiu socos no policial e no filho de 14 anos, o policial tentou sair para chamar a segurança, momento em que teve a blusa agarrada pela vítima, nesse momento, ele se identificou como policial e sacou a arma, mesmo assim Julio não se intimidou”, disse o delegado.

O delegado disse ainda que os dois teriam escorregado no cinema, quando teria ocorrido o disparo acidental. A arma usada no crime não era da corporação e sim do pai do autor que morreu e deixou de herança. O delegado disse que a arma era ilegal. O policial ambiental agora está preso no batalhão da polícia, passará por audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

 

 

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Após um dia de “casados”, homem agride mulher com madeira
Polícia
Mulher tenta suícidio por enforcamento, mas é salva pela polícia
Polícia
Família descobre que “desaparecidas” em Porto Velho estão presas no MS
Polícia
PMA multa dono de oficina após atear fogo em plásticos e deixar moradores revoltados
Polícia
Jovem de 23 anos é acusado de estuprar menina de 11 anos e alega relacionamento
Polícia
Vídeo: bandido leva R$ 1,4 mil e celulares em assalto a açougue do Parati
Polícia
Carregada com soja, carreta pega fogo na MS-134
Polícia
Cães farejadores auxiliaram na apreensão cocaína avaliada em R$ 26,5 milhões
Polícia
Delegado sofre acidente ao desviar de capotamento na MS-080
Polícia
Vídeo - motociclista cai em bueiro após ser atingida por carro

Mais Lidas

Saúde
Regional ganha 10 leitos de UTI para pacientes com coronavírus
Polícia
Após um dia de “casados”, homem agride mulher com madeira
Saúde
OMS afirma que seis vacinas contra o coronavírus estão avançadas nos testes
Polícia
Mulher tenta suícidio por enforcamento, mas é salva pela polícia