Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Internacional

Estudo conclui que lítio pode reverter malefícios da radiação

Em uma experiência feita com ratos, foi comprovado o poder do lítio

14 novembro 2019 - 18h11Marya Eduarda Lobo, com informações da assessoria

Foi publicado nesta quinta-feira (14), que em uma experiência com ratos, cientistas concluíram que o lítio pode reverter os malefícios da radiação no cérebro, podendo ser de uso promissor para tratar crianças que foram sujeitas a radioterapia e desenvolveram posteriormente déficits de memória e aprendizagem.

Os autores do estudo, não esclareceram se os animais testados eram saudáveis ou tinham tumores na cabeça, tal como as crianças submetidas a radioterapia, e se desenvolveram esses déficits.

Segundo os pesquisadores do Instituto Karolinska, da Suécia, citados em comunicado pela instituição, a capacidade de memória e aprendizagem dos roedores melhorou quando foram tratados com o metal lítio após o seu cérebro ter sido submetido a doses de radiação não especificadas.

O estudo concluiu ainda que apenas as células sujeitas à radiação são afetas pela ação do lítio.

O grupo de investigação, que pretende avançar para ensaios clínicos, já tinha sugerido anteriormente que o lítio protege o cérebro contra lesões se for administrado juntamente com a radioterapia.  

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Kanye West vai concorrer à presidência dos EUA contra Trump
Internacional
Na Holanda, prostitutas podem retomar atividades, mas sem beijos
Internacional
Globo transmitirá festival online com Coldplay, Bieber e Shakira neste sábado
Internacional
Disneyland Califórnia adia reabertura dos parques temáticos
Internacional
Terremoto no México pode causar Tsumani em três países
Internacional
Rapunzel da vida real tem cabelo de 2,5 metros e não tem princípe
Internacional
Casal com "coronofobia", faz sexo de luva e máscara e por 5 minutos
Internacional
Personal quer R$ 840 mil de mulher que o transmitiu herpes labial
Internacional
Mortes pelo novo coronavírus no mundo ultrapassam 426 mil, mostra Johns Hopkins
Internacional
Homem pede indenização de US$ 1 trilhão para a Apple

Mais Lidas

Saúde
Entenda porque exercícios físicos na quarentena talvez não seja tão bom assim
Polícia
Dezenas de presos fogem de cadeia na madrugada
Polícia
Fugindo de "tribunal do crime", homem invade casa e se tranca no banheiro
Geral
Vídeo: batida entre motos nas Moreninhas deixa jovem gravemente ferido