Menu
Busca terça, 19 de março de 2019
(67) 99647-9098
Política

"Turma da China" queria antecipar passaportes vermelhos

Passaporte vermelho é disponibilizado para autoridades brasileiras, incluíndo políticos

28 janeiro 2019 - 18h52Da redação

Ao menos os deputados federais eleitos no pleito de 2018, na qual se incluía o deputado Loester Gomes de Souza, conhecido como Tio Trutis, tentaram antecipar o passaporte diplomático, conhecido também como "passaporte vermelho", para a viagem à China.

A “Turma da China” era composta por parlamentares eleitos pelo DEM e PSL e foi criticada pelo filósofo de direita, Olavo de Carvalho. A informação da tentativa frustrada de usar o passaporte vermelho foi publicada no jornal O Estado de São Paulo desta segunda-feira (28). Confira:

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Maia defende diálogo para aprovar reforma da Previdência
Política
Bolsonaro destaca potencial econômico do Brasil e quer ampliar parceria com EUA
Política
Turistas dos EUA, Austrália, Canadá e Japão poderão entrar no Brasil sem visto
Cidade
Problemas da capital serão discutido em seminário no próximo sábado
Política
Maia diz que é viável aprovar reforma da Previdência no primeiro semestre
Política
Substituição da prisão preventiva por domiciliar para lactantes está na pauta do Plenário
Política
Nelsinho e Tereza Cristina vão aos EUA com Bolsonaro
Política
Políticos se reúnem para tratar da reforma da Previdência
Política
Marun diz que MDB disputará prefeitura da capital
Política
Herbert assume secretaria na capital

Mais Lidas

Polícia
Mistério: adolescentes desaparecem a caminho da escola
Polícia
Menina de dez anos se mata com arma do pai, em São Paulo
Polícia
Sul-mato-grossense e namorado morrem em acidente em Porto Alegre
Geral
Fazendeiro morre após bater moto contra placa de sinalização