Menu
Busca quarta, 28 de julho de 2021
(67) 99647-9098
Senai - EAD_senai_graduação
Política

"Turma da China" queria antecipar passaportes vermelhos

Passaporte vermelho é disponibilizado para autoridades brasileiras, incluíndo políticos

28 janeiro 2019 - 18h52Da redação

Ao menos os deputados federais eleitos no pleito de 2018, na qual se incluía o deputado Loester Gomes de Souza, conhecido como Tio Trutis, tentaram antecipar o passaporte diplomático, conhecido também como "passaporte vermelho", para a viagem à China.

A “Turma da China” era composta por parlamentares eleitos pelo DEM e PSL e foi criticada pelo filósofo de direita, Olavo de Carvalho. A informação da tentativa frustrada de usar o passaporte vermelho foi publicada no jornal O Estado de São Paulo desta segunda-feira (28). Confira:

Vai di Vinho

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
"Parar de contar mortos, e contar alunos voltando" dispara Riedel 
Política
Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro e será o novo ministro da Casa Civil
Política
“Atrapalha, mas tem que aturar”, diz Bolsonaro sobre Mourão
Política
Reunião de senador com Bolsonaro é adiada por problema em avião
Política
Bolsonaro diz que menos pessoas morreriam se ele estivesse coordenando a pandemia
Política
Reinaldo e Marquinhos repassam recursos para habitação da Capital nesta segunda
Política
Eleições 2022: Bolsonaro diz que filiação ao PP é uma possibilidade
Política
Bolsonaro defende tratamento precoce e critica 'Protocolo Mandetta'
Política
Escola na área rural de Caracol passará por reforma pelo 'Governo Presente'
Política
Com receita de R$ 18,47 bilhões, governador sanciona LDO para 2022

Mais Lidas

Polícia
Homem enforca familiar após piada com derrota do São Paulo para o Flamengo
Polícia
Nem após cometer suicídio jovem escapa de assalto no Jardim Noroeste
Cidade
Foi selecionado? Prefeitura convoca aprovados em dois processos
Geral
Homem fuma maconha, escala montanha e cai de altura de 12 metros; veja vídeo